Início Últimas notícias ‘Alexandre de Moraes é moleque e criminoso’, atacam alvos de ação do...

‘Alexandre de Moraes é moleque e criminoso’, atacam alvos de ação do STF

3
0

Alvos de ação do Supremo Tribunal Federal (STF), no inquérito das fake news, realizaram uma live na noite desta quarta-feira (27) para atacar os ministros Alexandre de Moraes e Celso de Mello. Também sobrou bordoadas para o general Villas-Boas, chamando de frouxo na transmissão.

Sob a chancela do blog Terça Livre, de Allan dos Santos, os bolsonaristas xingaram de “criminoso” Alexandre de Moraes, que autorizou a PF realizar busca e apreensões.

Endossaram as agressões aos ministros da corte e militares, além de Allan:

  • Deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP);
  • Deputada Bia Kicis (PSL-DF), que é investiganda no inquérito das fake news;
  • Olavo de Carvalho, guru do bolsonarismo; e
  • Ítalo Marsili, médico.

Segundo o consenso dos participantes na transmissão, a culpa é do avanço do comunismo, sobretudo nas forças armadas e no Supremo, e nas “frágeis” delações dos deputados Joice Hasselamnn (PSL-SP) e Alexandre Frota (PSDB-SP), que recentemente abandonou o bolsonarismo.

O momento mais hilário da discussão na live do Terça Livre foi quando Olavo de Carvalho desferiu coices no general Eduardo Villas Bôas, que, segundo o astrólogo bolsonarista, virou um puxa-saco dos comunistas. “Ficou de beijinhos com o comunista Aldo Rebelo e Ciro Gomes”, disse.

Para Olavo, o ministro “Alexandre de Moraes é um comunista, um genocida” e Villas Bôas um “puxa-saco” dos comunistas.

Eduardo Bolsonaro, por sua vez, também seguiu o mesmo devaneio do guru Olavo.

“Não tenho nem dúvida que amanhã vai ser na minha casa (que cumprirão mandado de busca), que se nós tivermos uma posição colaborativa (com o Supremo), vão entrar na nossa casa, dando risada. Até entendo quem tem uma postura moderada, vamos dizer, para não tentar chegar a momento de ruptura, a momento de cisão ainda maior, conflito ainda maior. Entendo essa pessoas que querem evitar esse momento de caos. Mas falando bem abertamente, opinião de Eduardo Bolsonaro, não é mais uma opção de se, mas, sim, de quando isso vai ocorrer”, discursou o filho do presidente Jair Bolsonaro.

“E não se enganem, as pessoas discutem isso. Essas reuniões entre altas autoridades, até a própria reunião de dentro de setores políticos, eu, Bia, etc, a gente discute esse tipo de coisa porque a gente estuda história. A gente sabe que a história vai apenas se repetindo. Não foi de uma hora para outra que começou a ditadura na Venezuela, foi aos poucos”, completou Eduardo Bolsonaro, o Zero Três.

O presidente Bolsonaro, alinhado com os participantes da live, escreveu no Twitter que ‘cidadãos de bem’ tiveram ‘seus lares invadidos’ por exercerem seu ‘direito de liberdade de expressão’.

“É um sinal que algo de muito grave está acontecendo com nossa democracia”, tuitou o presidente, numa clara crítica à decisão de Alexandre de Morais. Bolsonaro também declarou que está trabalhando para que “se faça valer o direito à livre expressão em nosso país”. “Nenhuma violação desse princípio deve ser aceita passivamente!”, asseverou.

A deputada Bia Kicis revelou que um grupo de parlamentares bolsonaristas irá ingressar no Congresso Nacional com um pedido de impeachment de Alexandre de Moraes.

O que chamou a atenção foi a quantidade de palavrões usados em pouco mais de uma hora. Um horror.

LEIA TAMBÉM

Rede Globo prepara uma nova onda de demissões, diz site

Carla Zambelli diz que Moro não se vendeu pois “já estava vendido”

Caso Marielle: STJ nega, por unanimidade, a federalização das investigações

Olavo de Carvalho tomou cloroquina estragada, diz Zeca Dirceu

Publicado em 27 maio, 2020

O deputado Zeca Dirceu (PT-PR) xingou o guru Olavo de Carvalho de “imbecil” e afirmou o astrólogo tomou “cloroquina estragada”.

Olavo disse hoje mais cedo que o STF segue ordens de seu pai, o ex-ministro José Dirceu, no caso da ação da PF sobre as fake news.

“Lembram-se do Zé Dirceu? “Vamos tomar o poder, e isso não tem nada a ver com ganhar eleições”, questionou o guru do presidente Bolsonaro.

“Não tem mesmo. Tem a ver é com o Dirceu dar ordens ao STF”, disse Olavo.

Segundo o parlamentar do PT, este é o mesmo STF que perseguiu e condenou petistas sem prova. “Como pode falar que Lula e Zé Dirceu mandam no STF?”, questionou Zeca.

“Que ministros são petistas?”, insistiu o filho de José Dirceu. “Este é o guru” que guia Bolsonaro, não por acaso estamos em desgraça”, completou.

LEIA TAMBÉM

Olavo de Carvalho diz que José Dirceu manda no STF

Rede Globo prepara uma nova onda de demissões, diz site

Carla Zambelli diz que Moro não se vendeu pois “já estava vendido”

Caso Marielle: STJ nega, por unanimidade, a federalização das investigações

Lula ironiza Bonner, que sente saudades da época do PT

Publicado em 27 maio, 2020

FacebookTwitterEmailWhatsApp

O ex-presidente Lula não perdoou seu “inimigo” de estimação William Bonner, apresentador do Jornal Nacional, da Globo.
“Quem diria que até o Bonner tinha saudade”, tuitou hoje (27) o petista, ao comentar a entrevista do jornalista no programa “Conversa com Bial”.

Lula comentou o encerramento da entrevista em que Bonner, em 2006, apresentou direto de Juazeiro do Norte (CE). Ele estava cercado por uma multidão empolgada e alegre, que o aplaudia,

Bonner disse não acreditar que essa situação algum dia possa acontecer de novo. “Hoje seria impossível isso”.

Nessa época, há 14 anos, o presidente do Brasil era quem? Lula.

“Apesar da seleção de futebol e da derrota na Copa, em 2006 a população brasileira teve muito a comemorar. Principalmente na melhoria dos indicadores econômicos e sociais do Brasil”, diz o texto compartilhado por petista no Twitter.

O site “Reconta Aí” ainda registrou:

  • PIB: R$ 2,37 trilhões, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE);
  • PIB per capita: R$ 12.688 (PIB per capita é o valor da riqueza gerada no país se divido igualmente entre toda a população);
  • Taxa de crescimento do PIB: 4,0%;
  • Desemprego: 8,4%, a menor taxa desde 1997;
  • Formalidade no mercado de Trabalho: Pela primeira vez na história, o número de trabalhadores formais passou os informais e ficou no patamar de 50,6% dos trabalhadores formalizados. Dados do Caged mostram que foram em 2006 foram gerados 1.228.686 empregos com carteira assinada no País;
  • Salário Mínimo: R$ 350,00;
  • Cesta Básica: O estado com a cesta básica mais cara foi o Distrito Federal, cujo valor dos itens foi de R$ 178,14.

A publicação retuitada por Lula fez questão de frisar sua solidariedade com William Bonner e todos os jornalistas que vêm sofrendo uma implacável perseguição de grupos de ódio. É impossível ter democracia sem o jornalismo profissional e a liberdade de expressão

Assista ao vídeo da entrevista de Bonner:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui